DOENÇA DE LYME

A Doença de Lyme é transmitida por carrapato e pode também ser chamada de Borreliose, devido a bactéria Borrelia Burgdorferi, sua causadora. O carrapato em geral causa grande preocupação por ser transmissor de uma diversidade de doenças, como a Babesiose, a Erlichiose e a própria Doença de Lyme.

A contaminação acontece como um ciclo. Ele se inicia quando um carrapato saudável pica um cachorro ou ser humano contaminado para se tornar um hospedeiro. Daí ele pica outro ser vivo saudável e transmite a doença.

Os principais sintomas da Doença de Lyme em cães são dores e inflamações articulares. Por isso, quando observar que o animal está mancando ou evitando subir em locais altos como camas e sofás ou até mesmo se recusando a sair de casa, ficando o tempo inteiro deitado, procure imediatamente um Médico Veterinário. Vômito, inchaço nos gânglios, falta de apetite e febre também fazem parte dos sintomas da Doença de Lyme.
Estes sintomas começarão a aparecer cerca de dois a cincos meses após a contaminação, podendo se apresentar de forma intermitente. Outro fato importante é que a Doença de Lyme vai piorando com o passar do tempo e caso o animal não seja tratado ou não responda aos medicamentos receitados pelo veterinário ele pode ter paralisias e, posteriormente sofrer asfixia, vindo a morrer.

Assim que perceber algum comportamento estranho no seu bichinho, procure imediatamente um Médico Veterinário.

A principal forma de diagnosticar a bactéria no organismo é por meio de exame de sangue. Além disso, o Médico Veterinário analisará as articulações e musculatura dos cães. Também podem ser solicitados exames complementares e até mesmo a necessidade de isolamento. Só desta forma será possível identificar o estágio da doença e qual o tratamento ideal para ela.

A maioria dos casos é tratada com antimicrobianos à base Amoxilina e Doxiciclina, além de analgésicos e anti-inflamatórios.

Em condições normais, é muito difícil manter os cães cachorro longe do contato com carrapatos, pois em qualquer passeio na rua ou ida ao petshop ele ficará exposto. Por isso, sugere-se o uso de coleiras anti-carrapato, repelentes em spray específicos para animais e banhos com carrapaticidas.

Lembre-se, somente o Médico Veterinário é capaz de diagnosticar e tratar a Doença de Lyme. Por isso, percebendo qualquer dos sintomas acima, procure-o imediatamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *