RINOTRAQUEÍTE FELINA – GRIPE DE GATO

A Rinotraqueíte Felina é uma doença causada pelo Herpesvírus. Também conhecida como “gripe de gato”, é uma das principais doenças que atingem o sistema respiratório dos felinos, principalmente os gatos de até 2 anos.

É uma doença de fácil transmissão, podendo ser fatal caso o animal não receba o tratamento adequado. Por isso, caso perceba sintomas como febre, apatia, corrimento nasal e ocular, falta de apetite e até mesmo depressão, PROCURE UM MÉDICO VETERINÁRIO IMEDIATAMENTE.

A maioria dos gatos infectados se tornam portadores assintomáticos, isto é, carregam o vírus ao longo da vida mas não apresentam sintomas. Nesses casos, o vírus se manifesta em situações de baixa imunidade ou de estresse.

Além dos sintomas citados acima, a doença também pode apresentar aftas na boca, salivação e lesões no nariz e na face, além de pneumonia e distúrbios dermatológicos. Nos filhotes, os sintomas geralmente são mais fortes e, na maioria das vezes, levam o animal a óbito.

A principal forma de transmissão da Rinotraqueíte Felina é por meio das secreções nasais e lacrimais, que é por onde o animal elimina o vírus. O contagio também pode ocorrer pelas gotículas de espirro e tosse do animal infectado.

Gatas prenhes também podem transmitir a doença para o feto durante a gestação. Porém, a probabilidade maior neste caso é que a gata não chegue ao fim da gestação, pois a maioria acaba abortando.

O tratamento da Rinotraqueíte Felina consiste basicamente no combate aos sintomas e no fortalecimento do organismo do gato, e SOMENTE O MÉDICO VETERINÁRIO PODERÁ AVALIAR O CASO E ORIENTAR O MELHOR TRATAMENTO CONFORME OS SINTOMAS APRESENTADOS. Reposição de líquido e alimentos por via venosa, utilização de antibióticos e anti-inflamatórios, colírios, etc. estão entre as principais ações adotadas, uma vez que não existe um medicamento que combata diretamente o vírus.

O tempo para recuperação vai depender da gravidade dos sintomas, mas geralmente ocorre entre 20 e 30 dias.

A principal forma de prevenção da Rinotraqueíte Felina é a vacinação. A vacina Quádrupla Felina deve ser aplicada entre os 45 e 60 dias de vida, sempre seguindo a orientação do Médico Veterinário. Evitar o contato do seu bichano com gatos desconhecidos também ajuda na prevenção, uma vez que muitos gatos podem ser portadores do vírus e não apresentarem sintomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *