DOENÇA PERIODONTAL

O assunto deste post será a Doença Periodontal, uma afecção que acomete a gengiva e os tecidos de sustentação dos dentes (Periodonto) de cães e gatos, tem caráter progressivo e é provocada pela presença de placa bacteriana, principalmente em animais de maior idade.

O desenvolvimento da Doença Periodontal acontece rapidamente, entre 24 e 48 horas. É neste período que se forma a placa bacteriana e, sem higienização, adere aos dentes e se inicia um processo que culmina na instalação da doença. Por isso, é importante levar seu animalzinho ao Médico Veterinário com frequência para que ele possa avaliar e, sendo necessário, realizar a limpeza.

Em contato com a placa bacteriana a gengiva estimula o organismo a enviar células de defesa para a região, resultando em um processo inflamatório conhecido como Gengivite. Sem tratamento, haverá a evolução do processo que leva à Periodontite. A partir daí os tecidos do periodonto sofrem uma reabsorção e o dente perde sustentação, comprometendo assim sua função. Outra consequência desagradável da placa bacteriana é o mau hálito.

A única forma eficaz de tratar a Doença Periodontal é a realização de procedimento cirúrgico com Médico Veterinário especializado (Na Medicina Veterinária existe uma área específica para cuidar da saúde bucal de nossos amiguinhos, a Odontologia Veterinária). Neste caso, o animal receberá anestesia geral e será submetido à raspagem na superfície dos dentes e raízes. Eventualmente pode haver extração, isso vai depender do comprometimento dos tecidos de sustentação.

O tratamento é feito em ambiente cirúrgico e geralmente leva de 50 a 120 minutos, dependendo da gravidade. Correndo tudo bem, no mesmo dia o animal recebe alta e já pode retornar a sua sua rotina normal, inclusive alimentação sem alterações na dieta.

A escovação dentária ainda é a melhor forma de prevenção à Doença Periodontal, uma vez que desestabiliza a formação da placa bacteriana, evitando seu desenvolvimento e consequências. Alguns tipos de alimentos, ossinhos, courinhos para mastigar e alguns brinquedos específicos ajudam a “raspar” a superfície dos dentes e podem auxiliar na prevenção, mas não substituem a escovação como a melhor maneira de prevenção.

Muitas vezes a Doença Periodontal é subestimada por donos e até mesmo veterinários. Isso é desagradável para o animal e, em alguns casos, pode até leva-lo a óbito. Por isso, leve frequentemente seu amiguinho para realizar a higiene bucal no veterinário, só ele realizará os procedimentos corretos para prevenção de forma segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *