DIABETES CANINA

A Diabetes Mellitus em cães ocorre – assim como no ser humano – quando a produção de insulina (um hormônio produzido pelo Pâncreas) é insuficiente ou processada incorretamente no organismo.

Sem a insulina, a glicose não consegue penetrar corretamente no interior das células do organismo para ser utilizada como fonte de energia, passando a se acumular no sangue.

Acontece que quando os níveis de glicose no sangue são muito elevados, ocorre um fenômeno chamado Cetoacidose Diabética. Isso leva o animal a ter vômitos, fraqueza e uma letargia grave. A Cetoacidose é uma emergência médica e deve ser tratada o mais rápido possível por um MÉDICO VETERINÁRIO, jamais tente tratar seu cão com receitas caseiras sem a devida orientação dele.

A CELL LAB conta com Perfis de Exames que podem auxiliar o MÉDICO VETERINÁRIO a prevenir, diagnosticar e tratar a Diabetes Mellitus, converse com ele, independentemente do cão apresentar ou não sintomas.

E falando em sintomas, a fome constante é um dos principais. O animal também que pode apresentar sinais de desnutrição, uma vez que suas células apresentam deficiência na absorção de glicose. Outros sintomas são obesidade, cegueira e a urinação excessiva.

Apesar de não ter cura, a Diabetes pode ser controlada por meio da administração de insulina, dieta e atividades físicas.

O MÉDICO VETERINÁRIO vai receitar a dose de insulina conforme o estilo de vida do cão, assim como a quantidade de exercício, alimentação, etc. Tratar a Diabetes no seu cão é um ato de carinho para toda a vida, que vai exigir compromisso, disciplina e cuidado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *